Padre Antony.
A presença inabalável de Jesus Cristo, o crescimento espiritual e a enorme gama de atividades eclesiais foram responsáveis pelo surgimento de um contingente de fiéis que passaram a vir de todo os cantos da Diocese de Santo Amaro e também de outras regiões da Cidade de São Paulo, municípios da Região Metropolitana e do interior.
 
Esse crescimento, ao lado do empenho de todos foi reconhecido pela autoridade diocesana de Santo Amaro, levando Dom Fernando Antônio Figueiredo, por Decreto Episcopal em 28 de outubro de 2005 a reconhecer a Comunidade e Paróquia São Judas Tadeu a qualidade de “Santuário São Judas Tadeu”, como “Centro Diocesano de Peregrinação”.
 
A Missa de instituição do Santuário ocorreu no dia 28 de outubro de 2005, presidida por Dom Fernando Antônio Figueiredo e cocelebrada por Padre Marcelo Rossi e Padre Anthony.
 
Na mesma missa, Dom Fernando expôs as razões e os motivos da criação do Santuário, solicitando do então sacerdote Padre Anthony, nomeado naquele instante, Reitor do Santuário, a manutenção das atividades e a ampliação das mesmas, com objetivo de que o Reino de Deus fosse proclamado cada vez mais, a um maior número de fiéis, cumprindo o mandamento do Senhor de evangelizar.
 
A principal justificativa do Bispo Dom Fernando Antonio Figueiredo foi: “Devido ao crescente número de fiéis e a necessidade de proclamar a Palavra de Deus, torna necessária a Criação do Santuário São Judas Tadeu em nossa Diocese de Santo Amaro, permitindo assim a difusão da Palavra de Cristo e o compromisso com a Evangelização. Que de agora em diante aumente mais ainda”.(Sic)
 
Na ocasião disse Dom Fernando:  “Um Santuário é um centro de peregrinações, que recebe fiéis de toda parte. Fica nomeado e empossado Padre Anthony como o Reitor do Santuário”. (Sic).
 
O Dia 28 de outubro de 2005 foi uma data memorável para a paróquia e Santuário São Judas Tadeu, que só se tornou realidade porque todos os servos e os fiéis, paroquianos, devotos, peregrinos e frequentadores acreditaram e acreditam no Poder de Deus e de seu Filho, Nosso Senhor Jesus Cristo.
 
São por essas e outras razões que louvamos, bendizemos, glorificamos e agradecemos a Deus e pedimos a intercessão de São Judas Tadeu para que o Reino de Deus cresça cada vez mais entre os homens, permitindo que todos usufruam as graças e as bênçãos do Senhor.